Manifestação junto da embaixada em Berlin

Manifestação junto da embaixada em Berlin
29. Outubro 2021
Manifestação junto da embaixada em Berlin
31. Outubro 2021

Manifestação junto da embaixada em Berlin

COMUNICAÇÃO PREPARATÓRIO PARA MANIFESTAÇÃO JUNTO DA EMBAIXADA DE ANGOLA EM BERLIM.

Os ex trabalhadores angolanos na extinta RDA decidiram, no último  plenário, realizar MANIFESTAÇÃO em frente da Embaixada de Angola em Berlim, e em Bruxelas contra o desinteresse do Estado Angolano, representado pelo MAPTSS,  em não resolver a situação dos os ex trabalhadores angolanos na extinta RDA, relacionados com a devolução na totalidade dos seus valores a que tinham direito.
Após inúmeras tentativas de diálogo com o MAPTSS – todas elas falhadas, por manifesta vontade deste, os ex trabalhadores angolanos na extinta RDA, decidiram mandatar a ASSOEXTRA/AATACP para que dê entrada com processos jurídicos na Procuradoria Geral da República em Luanda e nos Tribunais angolanos, no sentido da reposição da legalidade, mas sem respostas até ao momento.
Ainda decidido pelos ex trabalhadores angolanos na extinta RDA, foi reforçar o seu protesto, na quinta-feira da primeira semana do mês de março do ano de 2022, que terá o seu ponto mais visível nas manifestação agendada para esse mesmo dia, de todos os ex trabalhadores angolanos na extinta RDA, acompanhados dos seus familiares e amigos, junto da embaixada atrás relembrada.
Os ex trabalhadores angolanos na extinta RDA, entendem que a posição do MAPTSS, espelhada também no desinteresse total do Governo Angolano, após várias denúncias apresentadas pelos ex trabalhadores angolanos na extinta RDA, merece que se aumente o reforço da contundência das ação de protesto, que terá como tema o seguinte:

“ SE MELHORAR O QUE ESTÁ BEM E CORRIGIR O QUE ESTÁ MAL É SLOGAN DO PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO, ENTÃO QUE SEJA RESOLVIDO O NOSSO PROBLEMA, CORRIGINDO O QUE ESTEVE MAL NO NOSSO PROCESSO DE DEVOLUÇÃO DOS VALORES “.

Agendada para às 10 horas de quinta-feira da primeira semana do mês de março de 2022, a manifestação contará com a presença, em solidariedade do Presidente da ASSOEXTRA/AATACP, o Sr. Miguel Cabango.
O “Braço de ferro” entre nós, os ex trabalhadores angolanos na extinta RDA, dura há mais de 30 anos, com os primeiros a denunciarem a prática de discriminação no pagamento de valores em Luanda, pelo facto de uns receberem mais do que outros, ou seja, uns receberam 12.412.575,00, outros 3.100.000,00 e outros ainda com apenas 1.248.000,00 de Kwanzas recebidos.
Adicionalmente, a ASSOEXTRA/AATACP tem também vindo a reclamar a regularização de diversas situações que considera ilegais, nomeadamente:
1)- Responsabilizar o senhor Pitra Neto, que durante a sua liderança no MAPTSS, burlou o dinheiro dos ex-trabalhadores angolanos na extinta RDA.
2)- Exigir o governo do Presidente João Lourenço, o pagamento dos valores roubados pelo MAPTSS, dos 1756 (mil setecentos e cinquenta e seis) ex-trabalhadores  que trabalharam na antiga RDA.
3) Exigir a Embaixada de Angola em Berlim, a devolução dos €276.944,50 (duzentos setenta e sei mil novecentos e quarenta e quatro e cinquenta centimos) euros, cativos nos cofres da Embaixada desde 2013, pertencentes ao pagamento das 25 ex-trabalhadores, que na data dos facto não chegaram de os receber.
Pelo exposto, pretendemos com estas manifestações, deixar claro ao Governo de Angola, que as manifestações ora anunciadas, só terão o seu fim, quando as pretensões constantes da presente comunicação, forem atendidas por quem for de direito.
OBS: Qual dúvidas e omissões relacionados com o conteúdo desta comunicação, podem ser tiradas atrás do seguinte portal: www.assoextra.com breve.

JUNTOS FAREMOS ACONTECER!

COBURG, aos 29 de Outubro de 2021.
         ASSOEXTRA/AATACP

Deixe uma resposta