Carta aberta contra o Sr.Alberto Correia Neto

Comunicado sobre o local de encontro em Berlin
1. Abril 2017
30 anos histórico dos ex-trabalhadores
8. Julho 2017

Carta aberta contra o Sr.Alberto Correia Neto

“Não se come ginguba debaixo da agua, que não vem a superfície”.

Aos dias 30 de Abril de 2012 o  Sr, Alberto Correia Neto embaixador da República de Angola acreditado na Alemanha,
assinou para que o montante dos ex-trabalhadores fosse transferidos de uma só “vez”
Primeiro; A associação assoextra.e.V tem documentos que provam e com assinatura do Sr. Alberto Correia Neto.
Segundo; Não assina as Procurações de angolanos ex-trabalhadores  porque?
Terceiro; Esta a esconder nos Algo?
Quarto; O dinheiro de nove (9) colegas que se encontra na embaixada desde 2013, não se  paga aos destinatários porque?
Prezados membros da associação ASSOEXTRA.E.V
Nos dias 05 a 07 de Abril realizamos manifestação diante da embaixada angolana em Berlin
O objectivo do Evento foi tocar mais uma vez na conscienciosa do nosso mais VELHO para respeitar o direito dos kandengues
para os mais novos respeitaram o nosso mais VELHO.
O Sr, embaixador aos 30 de Abril de 2012 assinou para que os ex-trabalhadores recebessem  o seu dinheiro através da conta da embaixada o montante de uma só VEZ.  Hoje estamos em 2017, o nosso cota assinou e esqueceu-se que não se come ginguba debaixo da agua, que a casca não vem a superfície. Tudo saiu a tona o COTA NETO, fechou-nos as portas.
Então  quem é o MALANDRO neste caso?

Os comentários estão fechados.